Rio de Janeiro

Matriz Barra da Tijuca - (21) 2143-1571

WhatsApp e celular: (21) 992544934

Centro, Zona Norte e Sul do Rio de Janeiro e demais cidades listadas abaixo, Terapeutas e Instrutores autorizados para atender a você, sua empresa, escola ou grupo.  

Nova Friburgo - Sítio para retiros em Lumiar

Cabo Frio - (22) 99722-5464

São Paulo - (11) 98691-0192  

Buenos Aires - Argentina - www.rashuah.com.ar

Verifique o cadeado 

no seu navegador

Cursos e consultas online, ivros e dvds

Aqui, em nossa livraria online

Siga-nos

Pagina Facebook Ráshuah
Página G+ Ráshuah
Página Tuwitter Ráshuah
Página YouTube Ráshuah

Blog Ráshuah - Os melhores textos e mensagens de autoconhecimento e meditação

Baixa autoestima - Compreenda e vença!

02/12/2016

Quantas vezes você viu a foto de uma modelo de beleza perfeita em uma revista e se sentiu horrível?

Quantas vezes você assistiu a filmes românticos de amores incríveis e se frustrou ao comparar com os seus relacionamentos?

 

Ouviu uma gargalhada de alguém e pensou que sua vida não lhe dá motivos para sorrir? Viu pessoas abastadas financeiramente e se sentiu pobre? Viu a paz no rosto de alguém e se sentiu atormentado? Viu uma pessoa que se expressa bem e se intimidou e emudeceu?

Quantas vezes você se comparou ou guiou sua vida por algum modelo externo? Muitas vezes?

Pois assim, é inevitável que se sinta muito mal, errado e inadequado! Ao estar sempre se comparando aos outros, ao que pensa que os outros são ou parecem ser, você se compara a ilusões! Pois acreditou em modelos falsos!


Nesse momento você pode estar pensando:
"Modelos falsos? Ilusões? Aquela modelo da capa da revista é realmente bela! Aquele homem é realmente rico! E aquele outro, então! Ele de fato consegue ter o dom da palavra! Existem pessoas que realmente têm ótimos relacionamentos! O que é falso ou ilusório  nisso?"


Falso é ver apenas "um" aspecto de cada uma dessas pessoas e comparar-se por tão pobre parâmetro!
Aquela modelo pode ser bela, mas paga um preço enorme por isso, e talvez você não esteja disposta a pagar o mesmo preço que ela! Ela pode estar vivendo 24 horas de seu dia fazendo dietas, ginásticas, cirurgias. Sua foto é retocada para que saia perfeita e ela pode não ter uma vida pessoal satisfatória, pois está comprometida com sua aparência e carreira mais tempo do que possa suportar. Ela também pode ter muito medo das primeiras rugas e celulite, de perder seu trabalho e prestígio! Pode sequer ter tempo para ter amigos e relacionamentos! Você não a conhece! Não sabe o preço que possa estar pagando para aparecer assim, linda nas revistas!

E aquele homem abastado financeiramente? Você sabe, por acaso, o preço que ele pagou por isso? Talvez ele tenha pago o preço da infelicidade nos relacionamentos ou o preço de sua própria saúde! Talvez ele tenha herdado sua fortuna e se sinta muito inútil e incapaz de construir algo sozinho! Talvez ele não consiga mais dar valor a nenhum prazer simples e seja um homem muito frustrado, que desconfia de todos! Pode ser uma pessoa sem amigos verdadeiros! Ou pode ser uma pessoa comum, com problemas como os seus! Você não o conhece e não sabe o preço que ele paga por ter mais dinheiro!

Então, precisamos perceber que nossos modelos de vida não são somente fotos e notícias nos jornais e TV! São pessoas comuns que vivem suas dificuldades e seus próprios desafios! Eles vivem suas próprias crises! Como você! E eles pagam os preços por seus sonhos, como todo o mundo paga!

Enquanto você tentar se enxergar através do que você NÃO é, através do que você NÃO tem, você não se verá de fato, pois não vai enxergar exatamente o que vai te libertar!
E o que vai te libertar é enxergar o que você É, o que você TEM!


Enxergando apenas o que não tem, só verá coisas muito erradas, muito diferentes do que supostamente "as pessoas" queriam que você fosse, ou o que você acha que "deveria" ser!

Mas você não está sozinho nesse horrível sentimento de inadequação! Pois todas as pessoas que estão se comparando e guiando suas vidas pelo que diz o externo, o mundo, os parentes, as pessoas à sua volta, a propaganda do ser perfeito, estão se sentindo assim também! Até mesmo aquela linda modelo pode estar se sentindo assim!

Criticismo é a causa da baixa autoestima e também da timidez!
Sua crítica o tempo todo a você mesmo é o que te causa sofrimento! O que te faz se esconder!
Seu próprio dedo indicador apontado em direção ao seu rosto é o seu algoz!

Mas, provavelmente essa mania de criticar negativamente a si mesmo o tempo todo, foi adquirida ao longo de sua vida, através das críticas alheias a respeito do quanto você "deveria", "tinha que" ou  "devia ter".
De tanto sermos criticados nos acostumamos a estar sempre em dívida, em erro perante algum modelo imposto. Modelos criados pela imaginação humana! Modelos que poderiam até nos servir de incentivo a seguirmos, caso realmente estivéssemos dispostos a pagar o preço por isso! Mas ao aceitarmos um modelo externo, precisamos primeiro enxergar nosso modelo interno! Precisamos saber separar o que de fato QUEREMOS de verdade e o QUANTO estamos realmente dispostos a pagar pelo esforço!

As armadilhas que criamos:

Digamos que você viu um helicóptero de hélices douradas na TV e começou a ficar muito triste por pensar que jamais poderia ter um!
Todos os dias você acorda para trabalhar e dirige seu carrinho (que você ficou muito feliz ao comprar na época, mas que agora ficou feio, velho e obsoleto diante do belo helicóptero de hélices douradas) e se sente infeliz. Você começa a odiar aquelas ruas lotadas de carros, ao pensar que poderia estar voando livremente até seu trabalho, e muito triste pensa: "Imagine se EU, esse fracassado poderia pensar em ter um helicóptero! Isso não é para pessoas como eu! Não é para o "meu bico"! Isso é para uns poucos sortudos que existem, e eu sou muito azarado para isso! Não ganho nem no bingo!"
E o mais engraçado, é que você sequer joga bingo, mas mesmo assim, pensa dessa forma!

 

Esse é mais ou menos o processo de destruição do poder pessoal e da baixa estima que nos impomos. Começamos a nos diminuir dia após dia, até acreditarmos que isso seja realmente verdade!

Mas, vamos raciocinar se realmente você quer um helicóptero, e se está disposto a pagar o preço por isso? Isso provavelmente consumirá toda a sua vida de trabalho árduo, jornadas duplas ou triplas, talvez seja tentado a alguma desonestidade e seja preso, perca sua família, ou viva com sentimentos de culpa. Talvez tenha que vender sua casa, seu carrinho, etc., mas você pode ter um helicóptero! É claro que talvez depois tenha muitos problemas para pagar o combustível de seu helicóptero, o hangar para guardá-lo, etc.

Essa história a respeito do helicóptero parece absurda? Mas é isso o que fazemos conosco quando projetamos falsos ideais!

 

Tudo o que desejar de verdade, pode realizar! Mas tudo exige esforço!


Você já ouviu histórias de pessoas que passaram a vida inteira correndo atrás de um ideal e que conseguiram! Pois você sabe o quanto é possível realizarmos quando temos uma firme determinação! Sempre se pode ter um helicóptero, desde que se queira de verdade e que se esteja disposto a pagar o preço por isso!

Você quer um helicóptero, mas não está disposto a pagar o preço? Então, talvez o helicóptero não seja assim tão importante na verdade para você! Então, porque é que está sofrendo por não tê-lo?
Está percebendo o tipo de armadilha que criamos?

Precisamos perceber o que realmente é importante em nossa vida, senão, corremos o risco de nos sentirmos muito diminuídos por não termos algo como um helicóptero de hélices douradas!

Qual é a representação do helicóptero em sua vida?
Seu helicóptero é a sua aparência, sua profissão, sua casa, seu modo tímido? Qual é a sua ilusão? O que você pensa que DEVERIA ser ou ter, e não é ou não possui?

Que tal então, mudarmos a pergunta e meditarmos a respeito do que você TEM e É?


Se você não se amar e se reconhecer, não há como pretender ser amado e reconhecido!
Se você não valorizar sua vida, sua existência, não há quem possa valorizá-lo!
Se você se vê tão negativamente, como pensa que as pessoas consigam enxergá-lo?
Se você mesmo não consegue se ver ou saber o que deseja, como então pretende que alguém saiba ou que adivinhe o que você quer? Quem você é? O quanto tem para dar?

Não diga mais que as pessoas não gostam de você! É você quem não se gosta e o outro só repete o mesmo sentimento!
Não diga mais que sua vida é feia, pois é você quem não vê a beleza da vida! E ela está aí, na sua frente! Veja! Ela, a beleza de sua vida, é muito simples e talvez você ande complicando o simples!

Feche seu olhos, respire profundamente e procure tirar sua mente dos pensamentos que tem a respeito de suas falhas e erros. Deixe que venha a percepção de sua alma, de seu amor, de seus sentimentos mais sublimes, de suas qualidades!
Deixe vir aos olhos de sua mente a beleza de seu eu interior! Respire esse ar amoroso e tranquilo de seu porto seguro: Seu verdadeiro Eu!

Envolva-se no sentimento de amor, pois esse é o sentimento que nos liberta da crítica negativa.
Deixe que seu coração se complete, se encha do mais puro amor.
Projete esse amor a seu corpo, a sua mente, a sua vida.
Deixe que o amor tome conta de cada célula de seu corpo, de toda sua alma! Sinta-se assim, amoroso e pleno! Ame-se!

 

Você é um ser muito especial, porque é único! Não há no universo inteiro, outro igual!

Abençoe sua vida, sua saúde e seus relacionamentos! Agradeça tudo o que possui e pense melhor antes de falar mal de si mesmo, ok?!
 
Fique em paz, no amor e na divina perfeição que somos todos nós, almas divinas!

 

.

Sobre a autora do artigo: Vera Calvet

 

 

Leitura indicada:

 

Esse texto faz parte do livro - Quando eu abrir os olhos - que pode ser encontrado em nossa loja online.

 

 

 

Conheça nossa Terapia de Autoconhecimento - Presencial e online

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Assuntos abordados
escolha o tema de sua leitura